É importante que se entenda a diferença entre isolamento acústico e tratamento acústico para a aplicação correta dos materiais e otimização do investimento na obra. Com o crescimento rápido das centros urbanos, cresce a necessidade de redução de custo nas construções e reformas, bem como na manutenção do conforto térmico e conforto acústico. São problemas comuns que atingem novas construções e em construções mais antigas.

Nos condomínios de apartamentos ou casas de dois ou três andares, basta o ocupante do andar superior ter um piso de madeira ou pedra (granito, mármore, etc), para que todo som de passos de saltos altos ou queda de pequenos objetos sejam ouvidos com extrema clareza no andar inferior.

Não é um problema simples resolver, porém não exige altos investimentos, desde que seja feito o isolamento acústico no andar de cima, onde o ruído é gerado. A aplicação dos materiais para o isolamento acústico devem ser aplicados na construção ou na reforma do imóvel.

 

Isolamento Acústico e Tratamento Acústico

 

O conhecimento sobre a diferença entre isolamento acústico e tratamento acústico é muito importante para que seja feito o investimento em materiais corretos para tratar cada problema.

A questão é a seguinte: todo piso rígido como os citados acima tem uma característica de receber e transmitir estes ruídos de impacto. Não há forma alguma de evitar isso a não ser que se elimine o gerador do ruído.

No caso de se tentar eliminar o ruído colocando forros “milagrosos” também não faz muito sentido porque o chamado ruído de impacto (ruído dos passos do vizinho) é transmitido pela estrutura do prédio, pela laje e pelas paredes. Se você colocar um atenuador para este ruído (ex. forro acústico), você estará solucionando uma parte do ruído que é transmitido pelo teto, mas não o ruído transmitido pelas paredes não obtendo uma eficiência aceitável mediante o custo.

Materiais de Isolamento Acústico

 

 Os materiais indicados para o isolamento acústico na construção civil são compostos de materiais com características específicas para evitar a propagação das vibrações sonoras entre um pavimento e outro ou entre cômodos.

Estes materiais podem ser aplicados em:Isomix Plux Isoline do Brasil

  • Lajes;
  • Entre pisos de pavimentos;
  • Paredes;
  • Portas;
  • Contrapisos.

O material de Isolamento Acústico é composto de material de alta densidade e é apresentado na forma de manta para a sua melhor aplicação. São lâminas flexíveis de borracha sintética, à base de polímeros e cargas minerais, que confere ao produto alta densidade, característica fundamental para a obtenção de alto grau de isolamento acústico. Aplicado entre o contra piso e a laje.

Exemplo de aplicacao da manta Isomix Plus no Isolamento entre apartamentos

Características principais:

  • Maleabilidade – Moldável
  • Fácil aplicação com cola de contato
  • Alta densidade: 1.666 Kg/m³
  • Impermeável
  • Antialérgico, Estéril, e Antichama.
  • Inalterável dentro da faixa de -30 à +110 C por 12 horas
  • Reciclável

Materiais de Tratamento Acústico

Os materiais de tratamento acústico são aplicados para diminuir a reverberação ou a propagação do som dentro do ambiente. Quando o ambiente é ruidoso acima do normal, torna-se difícil a permanência das pessoas ou a prática profissional como atendimento de vendas e telemarketing.

Os materiais de tratamento acústicos são especialmente desenvolvidos para absorver o som do ambiente, tornando o ambiente mais agradável e se adaptam ao design interno e a arquitetura.

Na sua maioria os materiais de tratamento acústico não exigem nenhum tipo de preparo especial do teto ou paredes, cumprindo a função de acabamento final. Permitem aplicação em ambientes que já estejam habitados ou em funcionamento, como escritórios , restaurantes, salas de aulas, estúdios, entre outros, com o mínimo de interferência no local.