Uma placa de de drywall que regula a temperatura do ambiente está sendo desenvolvida por pesquisadores da Gigante Química BASF  de acordo com o site do MIT – Massachusets Institute of Technology.

A placa de drywall revestida de micro-capsulas de acrílico cheias de parafina, absorvem o calor durante o dia através do derretimento resfriando o ambiente; e a noite elas voltam ao estado sólido devolvendo ao ambiente o calor que absorveram.

Materiais de construção que absorvem o calor durante o dia e soltam a noite diminuindo o uso do ar condicionado estarão disponíveis nos mercados Note-Americano e Europeu em breve.

Um empresa fabricante de Drywall n o Estado da Carolina do Norte está testando placas de drywall contendo o material. O composto desenvolvido pela BASF em breve poderá ser incorporado e vários materiais de construção, alguns já podem ser encontrados na Europa.

Este material “inversor de fase” dentro das capsulas de acrílico mantém o ambiente resfriado da mesma forma que os cubos de gelo dentro do copo de suco resfria a bebida a medida que derrete. Cada capsula de acrílico contendo a parafina derrete a medida que a temperatura do ambiente aumenta mantendo a temperatura constante durante o dia. O material funciona melhor em regiões climáticas em que a amplitude térmica é maior, ou seja, faz calor durante o dia e frio a noite.

No Sudoeste da Europa por exemplo, os testes com o material apresentaram uma economia de 20% na eletricidade necessária para refrigerar os ambientes. No norte da Europa , onde a noite as temperaturas são mais baixas, os prédios que usarem este material “inversor de fase” não precisarão de ar condicionado, afirma  Peter Schossig Engenheiro no  Fraunhofer Institute  em Munique na Alemanha cujo grupo trabalha junto a BASF no teste e desenvolvimento das capsulas.

O trabalho de pesquisa e desenvolvimento destes materiais são indicações de que a construção civil a partir da segunda metade da década estará voltada a construções que consomem menos energia, portanto, ecologicamente corretas.

Capsulas de acrilico contento parafina que regula a temperatura de ambientes

De acordo com o U.S. Energy Information Administration as construções são responsáveis por 70% do consumo de energia gerada na América, e cerca de 8% deste montante são de ar condicionados em casas e escritórios.

Largamente usados na América do Norte e Europa, materiais leves de construção seca como o Drywall e o compensado de madeira, permitem que um prédio ou uma residência sejam construídos em pouco tempo, porém, estes materiais são leves e não previnem a perda de temperatura. As capsulas de parafina do estudo vem dar mais “massa” a placa de Drywall, fazendo com que seja mais eficiente ainda trabalhando em conjunto com outros materiais de isolamento térmico como a lã de rocha.

A BASF trabalha também no desenvolvimento de um pó contendo as capsulas de acrílico com parafina para que seja adicionado aos materiais de construção comuns como o concreto e o gesso.

Por enquanto essa nova tecnologia foi testada apenas em ambientes passivos de inversão térmica, mas no futuro poderão ser adaptados para uso em climas quentes como o Brasil, em que os dias são quentes e as noites também.

“Em prédios comerciais, você pode usar o ar condicionado a noite quando a energia elétrica é mais barata, e usar os materiais inversores de fase para manter a temperatura mais agradável durante o dia”, afirma Leon R. Glicksman. Professor of Building Technology & Mechanical Engineering Room do Massachusetts Institute of Technology nos Estados Unidos.